Raízen comemora 1 ano do Pulse, hub de inovação da companhia

A Raízen, uma das empresas de energia mais competitivas do mundo, comemora o primeiro aniversário do Pulse, hub de inovação da companhia. Com um ano de funcionamento, o Pulse já colabora com o desenvolvimento de 15 startups e tem 11 projetos piloto em execução dentro da Raízen.

“Este primeiro ano foi um ciclo de muito aprendizado e colaboração. Foram muitos desafios, que iam desde a gestão jurídica até a operação, no dia a dia junto às startups. Tivemos que aprender a trabalhar num ritmo mais acelerado, com jovens empreendedores com visão e expectativas muito diferentes de mercado e entender como poderíamos aplicar o nosso conhecimento, expertise e know how de forma a colaborar efetivamente com o desenvolvimento dos projetos. Estamos muito orgulhosos do trabalho da nossa equipe e das startups que viveram este período conosco e prontos para embarcar em novas jornadas de ideias e projetos que colaborem com o desenvolvimento do setor como um todo”, afirma Fábio Mota, Head do Pulse.

Localizado em Piracicaba, em frente à sede da Raízen na cidade, o Pulse é parte de um ecossistema conhecido como Vale do Silício do Agronegócio, em que diversas iniciativas são desenvolvidas em prol da constante evolução do setor. “Mas não nos limitamos ao agronegócio. Inovação está no DNA da Raízen e nosso objetivo é colaborar com o desenvolvimento da economia nacional como um todo, focando, é claro, nas áreas com as quais mais podemos agregar. Uma das startups parceiras do Pulse, por exemplo, é voltada à pecuária, mas enxergamos grande potencial no projeto e trouxemos para o hub, onde eles podem usufruir de toda a infraestrutura, workshops e mentorias oferecidas pelo Pulse”, explica Mota.

A chegada do Pulse foi um marco para a empresa e para a região. Em apenas um ano, o hub já é referência nacional e internacional em inovação para as áreas de negócios e pesquisa. Neste período, cerca de 4 mil pessoas visitaram o Pulse e mais de 350 eventos foram realizados, criando uma rede de mais de 280 instituições que fazem parte do networking do hub.

“Com um ano de funcionamento, o Pulse já se tornou uma importante via de acesso para startups que buscam desenvolver seus projetos ou expandir sua atuação. Para isso, a Raízen segue seu compromisso de nortear a evolução econômica e social do País integrando pessoas, ampliando talentos, engajando parceiros, construindo o futuro e zelando por relações produtivas por meio do Pulse, com o objetivo de desenvolver startups com potencial para otimizar toda a cadeia produtiva de todos os setores que movem a economia nacional”, completa Mota.