Raízen recebe currículos de Pessoas com Deficiência na região de Piracicaba

A Raízen, uma das empresas de energia mais competitivas do mundo, está formando um banco de currículos focado em Pessoas com Deficiência (PCD), na região de Piracicaba. A inclusão é parte fundamental na cultura da companhia para desenvolver pessoas e fortalecer um time múltiplo integrado que faz a diferença.

“Ao manter o nosso banco de currículos atualizado, podemos garantir às Pessoas com Deficiência mais oportunidades de trabalho, considerando suas habilidades e anseios para desenvolvimento de carreira. Na Raízen, acreditamos que formar um time com múltiplas habilidades e perspectivas traz valor para a empresa e para a sociedade”, destaca Bruno Bidóia, Coordenador de Responsabilidade Social da Raízen.

Francisco Kess, mais conhecido como Kiko, tem 39 anos e possui uma má formação congênita de nascença. Por conta disso, nasceu sem as duas pernas e o antebraço esquerdo. Ele conta que estava aposentado por invalidez, mas queria voltar a trabalhar. Após algumas tentativas, soube de uma oportunidade na Raízen e encaminhou seu currículo para a empresa. Foi chamado para o processo seletivo, e há dois anos atua como analista de suporte de campo na empresa. “A oportunidade que eu tive é algo que vou levar para o resto da vida. Outras empresas não me deram essa oportunidade. Não apostaram na minha capacidade de trabalhar. Isso foi diferente na Raízen. Essa chance que a empresa me deu é o que me motiva até hoje”, comenta Kiko.

Para se cadastrar, basta enviar o currículo, junto ao laudo médico, para o e-mail pcd@raizen.com. Além disso, é importante incluir números de telefone para contato e recados. Todos os currículos recebidos serão inseridos no banco de dados da empresa e o objetivo, neste momento, é identificar as experiências e habilidades dos interessados, para que, conforme houver vagas a serem preenchidas, os candidatos possam ser acionados pela área de Recursos Humanos.