Rumo eleva volume transportado de biodiesel em 74% na Malha Sul

A Rumo Logística, maior operadora ferroviária do País, aumentou o volume transportado de biodiesel B100 em 74% no ano passado. Em números absolutos, a Companhia movimentou 172 mil m3 em 2018 ante 99 mil m3 de 2017. O combustível utilizado pelas maiores distribuidoras do País é carregado em terminais do estado do Rio Grande do Sul e tem como destino os mercados do Paraná e de São Paulo. O transporte é feito pelas ferrovias da Malha Sul, passando por Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

O aumento do volume transportado é fruto do relacionamento estratégico da concessionária com seus clientes, e também do aumento progressivo de consumo do produto. A estimativa do Ministério de Minas e Energia é que a produção nacional de biodiesel passe dos atuais 5,4 para mais de 10 bilhões de litros anuais até 2023, elevando em 85% a demanda doméstica.

Somente no terminal de Passo Fundo, cidade que fica no norte gaúcho, o volume carregado no ano passado pela Companhia cresceu 49%. Em 2018, o combustível teve seu carregamento retomado nas cidades de Ijuí (noroeste do estado) e em Canoas, que fica na região metropolitana de Porto Alegre (RS).

O B100 tem como destinos finais os mercados internos do Paraná e de São Paulo. Para atender o estado paulista, os vagões são descarregados no terminal de Araucária, na região metropolitana de Curitiba (PR), e de lá o combustível segue viagem por rodovia. 

Sobre a Rumo

A Rumo é a maior operadora de ferrovias do Brasil e oferece serviços logísticos de transporte ferroviário, elevação portuária e armazenagem. A companhia opera 12 terminais de transbordo, 6 terminais portuários e administra mais de 12 mil km de ferrovias nos estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. A base de ativos é formada por 1.000 locomotivas e 25.000 vagões.